St John Coltrane

Hoje faz 50 anos desde o falecimento de quem para nós, e para muitos, foi o maior saxofonista de todos os tempos, o brilhante e revolucionário John Coltrane. Um perfeccionista musical, sua extensa obra demonstra bem sua constante evolução e sua capacidade incomum de estar sempre se reinventando.

Sua voz única no tenor e seus vôos no sax soprano, se tornaram uma fonte de inspiração para toda uma geração de músicos que seguiram e até hoje tentam emular tanto seu virtuosismo como sua incrível capacidade expressiva. Seu som, principalmente durante os anos 60, retrata claramente a dor, a luta e a superação dos afro-americanos durante o auge do movimento pelos direitos civis. A profunda mensagem que ele transmitia, e que considerava sua missão na terra, era de unir a humanidade e transcender espiritualmente através da música, tornando as pessoas mais felizes e energizadas para enfrentar as dificuldades do cotidiano. Fica a nossa homenagem a esse ser iluminado que teve uma passagem tão breve por aqui, mas marcou tão profundamente a vida de milhares de pessoas. John Coltrane, eterno, imortal.

Abaixo vocês ficam com um dos álbuns mais importantes da história do jazz. Gravado em dezembro de 1964, A Love Supreme uniu todas as inovações descobertas por Trane até o momento. O álbum representa o período de grande espiritualidade que Coltrane imergiu após se livrar do vicio em álcool e outras drogas em 57, além de apontar para as grandes inovações que viriam nos próximos dois anos e meios de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *